Meu Carrinho

0 Item

TOTAL: R$ 0,00

IR PARA O CARRINHO

Imagem 1
Imagem 2

LANÇAMENTOS

CLASSICOS

DVD QUE VIVA MEXICO!

DVD QUE VIVA MEXICO!

7 DIAS APOS A E NTREGA.  | 

5 A 10 DIAS DEPENDENDO DA REGIAO E D A FORMA DE POSTAGEM.

mais informações

DVD QUE VIVA MEXICO!

7 DIAS APOS A E NTREGA.  | 

5 A 10 DIAS DEPENDENDO DA REGIAO E D A FORMA DE POSTAGEM.

mais informações

As combinações acima não possuem estoque.

por: R$ 5,00

Quantidade

+

-

COMPRAR

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

Descrição do Produto

 

 

Título Original - ‘¡Que Viva Mexico! - Da zdravstvuyet Meksika! ‘

Título Secundário - ‘ QUÉ VIVA MÉXICO! ‘

Ano - 1979

Gênero - Drama, Documentário

Idioma - Russo

Legenda - Português, Espanhol

Duração - 85 Min.

Imagem - Preto & Branco

Origem - Rússia

 

Elenco:

Grigori Aleksandrov, Félix Balderas, Julio Saldivar, Sergei Bondarchuk, Isabel Villaseñor, Martin Hernández, Sara Garcia, David Liceága, Julio Sadivara

 

Sinopse:

Depois de revolucionar a edição cinematográfica com as montagens de Potenkin e A Greve, o diretor soviético Sergei Eisenstein, foi para Hollywood testar sua capacidade na Indústria Cinematográfica. Ignorado pelos produtores de filmes americanos, Eisenstein, Grigory Alexandrov e o Dir. de Fotografia Eduard Tisse, maravilhados com a etnia, geografia e a diversidade cultural mexicana, começaram a filmar um documentário altamente estilizado do povo e da sociedade volátil do México. Infelizmente, por problemas financeiros o diretor não conseguiu editar o filme.
Em 1979, com longas anotações, desenhos (story board) de próprio punho, e rigorosa orientação do mestre Eisenstein, Alexandrov conseguiu finalizar a melhor e definitiva versão e a mais próxima possível do projeto inicial. Que Viva México!, é uma combinação brilhante: etnográfica, política, dramática e surrealista; que influenciou fortemente diretores como: O. Welles - `It´s all true´, Jodorowsky - `El Topo´, Kolotazov - `Yo soy Cuba´ e os trabalhos de Sergio Leone. Com seqüências nos desertos exóticos de Tehuantepec, as majestosas e selvagens touradas, a `Guerra dos Peões´ e o inimaginável e hipnótico `Dia dos Mortos´, as soldadeiras; esta é mais uma obra-prima que se torna indispensável aos que apreciam o gênial e inigualável Eisenstein.